Vereadores da oposição entregam voto de louvor à GNR de Alpiarça (vídeo)

Pedro Gaspar, do Partido Socialista, e Francisco Cunha, do movimento Todos Por Alpiarça (TPA), os dois vereadores da oposição na Câmara Municipal de Alpiarça, atribuíram na manhã de quinta-feira, 5 de outubro, um voto de louvor aos militares da GNR de Alpiarça.

A cerimónia que visou reconhecer o “excelente desempenho dos militares” decorreu junto ao posto da vila e vem na sequência do chumbo da proposta em Assembleia Municipal. A situação é algo insólita pois não conta com a participação do executivo da Câmara Municipal de Alpiarça nem de qualquer elemento ligado ao partido que detém a maioria na autarquia, a CDU.

Os vereadores, Pedro Gaspar e Francisco Cunha, contaram com a presença dos dois candidatos à CMA Sónia Sanfona, do PS, e Paulo Sardinheiro, do Muda Alpiarça.

A proposta de louvor público à GNR tem provocado bastante polémica no mandato que agora termina. Em novembro de 2015 decorreu a sua primeira votação, a qual foi chumbada pela maioria comunista e mais tarde, em outubro de 2016, foi novamente chumbada em Assembleia Municipal.

O voto de louvor pretende reconhecer o mérito dos militares da Guarda Nacional Republicana a nível local, desde que o atual comandante do posto assumiu funções, sendo o reconhecimento extensível a todos os elementos da Guarda que prestaram serviço no posto.

Este voto de louvor é um caso único e insólito no país.