Medidas de restrição anunciadas para Natal e Ano Novo em tempos de COVID-19

O Primeiro Ministro, António Costa, acaba de anunciar em conferência de Imprensa as restrições para o período de Natal e Ano Novo e que estarão em vigor até 7 de janeiro.

Contudo, salientou que a 18 de dezembro estas medidas serão reavaliadas e, de acordo com as estatísticas no que se referem ao aumento da transmissão do vírus, poderão ser mais restritivas.

Para já, as medidas apontam para um “alívio” da circulação apenas no período natalício e a possibilidade da restauração alargar o seu funcionamento no Natal e no Ano Novo. Vejamos, então, as medidas que se resumem à circulação entre concelhos e à circulação na via pública :

  • Fins-de-semana de 12/13 e 19/ 20 – existe proibição de circulação na via pública a partir das 13h apenas nos concelhos de risco elevado e extremo – não é o caso de Alpiarça.

No Natal:

  • É permitido circular entre concelhos;
  • A circulação na via pública na noite de 23 e 24/12 – é permitida apenas a quem esteja em trânsito.
  • A circulação na via pública nos dias 24 e 25 de dezembro só é permitida até às 02h do dia seguinte, ou seja, se for fazer a consoada a casa de familiares, tem de regressar a casa até às duas da manhã mas como referiu o primeiro ministro se ainda estiver em trânsito, pode continuar viagem sem exceder a velocidade.
  • A circulação na via pública no dia 26 de dezembro é permitida até às 23h
  • Restaurantes podem funcionar nas noites de 24 e 25 até à 01h e no dia 26 podem funcionar até às 15h30.

No Ano Novo:

  • É proibida a circulação entre concelhos entre as 00h do dia 31/12 e as 05h do dia 4/12.
  • A circulação na via pública no dia 1/1 é permitida até às 23h.
  • Os restaurantes podem funcionar no dia 31/12 até à 01h e no dia 1/1 podem funcionar para almoço até às 15h30
  • São proibidas as festas públicas ou abertas ao público, os ajuntamentos na via pública com mais de 6 pessoas.