Exposição Temporária – O SOM DA PINTURA na Casa dos Patudos – Museu de Alpiarça

É inaugurada neste sábado, dia 10 de julho, pelas 17h, na Galeria de Exposições da Casa dos Patudos – Museu de Alpiarça , a Exposição da tela de Bartolomeo Bettera (1639 – 1699), um diálogo com seis instrumentos históricos (um alaúde, um chitarrone, um violino e um violoncelo, uma charamela e uma viola barroca) pertencentes ao espólio do Museu Nacional da Música.

Assinada e inscrita – «Bartolomeo Bettera / f(ecit) in Bergamo» – a única tela do mestre bergamasco documentada em Portugal, propriedade da Fundação Gaudium Magnum – Maria e João Cortez de Lobão, poderá ser visitada na Casa dos Patudos – Museu de Alpiarça até 15 de agosto.

Esta iniciativa, inserida no âmbito do Festival Entre Quintas, vai contar na sua inauguração com um momento musical barroco, com peças de Antonio Vivaldi (1678-1741), Domenico Scarlatti (1685-1757) e Carlos Seixas (1704-1742) interpretadas por Nuno Cardoso, violoncelo e Lígia Vareiro, violino.

Uma curadoria de Graça Mendes Pinto Ludovice, Diretora do Museu Nacional da Música, e de Nuno Prates, Conservador da Casa dos Patudos – Museu de Alpiarça, esta exposição pode ser vista de 10 de julho a 15 de agosto 2021, de terça-feira a domingo das 10h00 – 12h30 e 14h00 – 17h30.

A entrada é livre.