Chuvas fortes fazem estragos em Alpiarça

A chuva de grande intensidade que caiu ao princípio da tarde deste sábado, dia 10 de abril, fez vários estragos em várias zonas do concelho de Alpiarça.

Rapidamente, a força das águas arrastou terras que cobriram estradas e lugares. Os Bombeiros Municipais de Alpiarça receberam várias chamadas e intervieram na N118, junto à Barragem, junto à Galp, na N 368 junto à Ponte de Alpiarça e na zona do Carril. A N118 esteve cortada ao trânsito durante algum tempo para ser possível, de forma célere, a remoção da lama. Das três habitações a que acorreram, apenas uma foi uma situação mais preocupante com necessidade a recurso a motobomba na cave. Segundo o Comando dos Bombeiros, as habitações ficaram habitáveis, sem danos maiores, necessitando apenas de limpeza. Fizeram também intervenção na Fundação José Relvas mas foi rápida e sem preocupações de maior.

De resto, as outras ocorrências dizem respeito a intervenção em caixas de esgoto, entupimento de algerozes, acumulação de água em jardins.

Um verdadeiro dilúvio a que ocorreram 19 operacionais dos Bombeiros, funcionários da Câmara Municipal de Alpiarça e ainda a GNR de Alpiarça e para o qual foram utilizados 6 veículos dos Bombeiros Municipais, uma retroescavadora e uma camioneta dos Serviços Municipais de Alpiarça.

Os Bombeiros agradecem a intervenção da empresa de Segurança e Higiene do Sr. Rui Cordeiro, de Santarém, que apoiou os Bombeiros na limpeza das vias para que rapidamente ficassem transitáveis.

No local estiveram também o presidente da autarquia, Mário Pereira, e o vereador João Arraiolos.