Prevenção e solidariedade na Mensagem de Ano Novo dos Bombeiros de Alpiarça

No início do Novo Ano, o Comando dos Bombeiros Municipais de Alpiarça – 1º Comandante Hugo Teodoro e 2º Comandante Fábio Dias- quiseram expressar os votos de um Bom Ano de 2019 a toda a população do concelho de Alpiarça e a todos os elementos da corporação de Bombeiros. Em conversa com a equipa de “O Alpiarcense”, o Comando dos Bombeiros referiu que “deseja a todos os alpiarcenses um Bom Ano de 2019 e que podem contar sempre com os Bombeiros Municipais de Alpiarça para corresponder, dentro das expectativas, às solicitações da população”. Enquadrados nos dispositivos de emergência do distrito, continuarão a trabalhar para dignificar o nome dos Bombeiros e de Alpiarça, contando com a dedicação, abnegação, espírito solidário e de sacrifício dos homens e mulheres que compõem esta corporação – referiu ainda o Comado.

As mudanças climáticas e a necessidade de mudança de comportamentos foram outras das tónicas que mereceram considerações da parte do Comando. A população tem de estar sensibilizada para o facto de a prevenção começar sempre por cada um de nós e há situações que se podem evitar. “Se o ano de 2018, poupou Alpiarça da catástrofe dos incêndios, esperemos que em 2019 não traga surpresas. Mas isso não quer dizer que se descanse à sombra do passado; não, há que prevenir os incêndios, cumprindo as determinações do governo central no que respeita aos fogos florestais: atenção às normas do corte de árvores, eliminação de sobrantes, queimadas, etc.

E, na estrada, com números de acidentes, feridos e mortos superiores ao ano anterior, pede-se bom senso, civismo e muita atenção aos condutores para adequarem a sua condução às condições atmosféricas, aos pisos, etc.

Os Bombeiros Municipais de Alpiarça agradecem e continuarão a colaborar com as entidades municipais – câmara e junta de freguesia -, empresas e particulares que têm apoiado a corporação. Sobre algumas dificuldades sentidas pela corporação, o Comando referiu que algumas lacunas já foram identificadas e que estão a trabalhar com o Município para resolver a situação.

Mas o ano de 2019 traz a esta corporação uma dinâmica diferente: fomentar o espírito de grupo, solidificar os laços da família de Bombeiros.

Em Janeiro, pretendem avançar com a Formação Inicial de Bombeiros para jovens a partir dos 17 anos. Um outro projeto diz respeito à  reativação da Escolinha de Bombeiros para jovens a partir dos 14 anos.

Cabe agora, a cada um de nós, ajudar quem nos ajuda, quem está pronto a arriscar a vida por nós, 24 horas por dia, 365 dias por ano. Porque sempre que estamos aflitos, sempre que a nossa vida está em risco, quando cometemos excessos, são estes homens e mulheres os que primeiro nos dão a mão. E isso faz a diferença.