Orçamento Municipal aprovado em altas temperaturas

Foi ontem, dia 20 de Dezembro, aprovado na reunião extraordinária da Assembleia Municipal-o documento das Grandes Opções do Plano (Orçamento Municipal)  para o ano de 2018, no valor de 10 milhões e 40 mil euros, com os votos contra da bancada do PS e MUDA ALPIARÇA .
Na declaração de voto, o deputado socialista,  Joaquim Rosa do Céu considerou que “os orçamentos são estratégias para o município é este reflete a incapacidade de gerar receitas próprias e um futuro para o município e reflete também a dependência de transferências correntes”. Acrescentou ainda que “este é um orçamento estrangulador é que estrangula pela dependência do Orçamento de Estado.”
Para o executivo, este documento das Grandes Opções do Plano está limitado nas necessidades da população e inicia um novo ciclo que, ao operacionalizar os fundos comunitários, vai permitir algum crescimento no quadro da recuperação financeira do município.
Estiveram em debate aceso as estratégias para o turismo, as despesas  com o pessoal da Câmara, as verbas alocadas à Alpiagra e à Feira do Melão, a certificação  energética, a fatia de 1 milhão destinada ao Investimento e o pedido de empréstimo da autarquia no valor de 900 mil euros.