Missão Moçambique: Bombeiros de Alpiarça continuam trabalhos de salvamento em zona de risco

Segundo informação do Comando dos Bombeiros Municipais de Alpiarça, os homens da corporação – Comandante Hugo Teodoro e Bombeiros Paulo Canha e Luís Silva continuam a executar a sua missão humanitária com sucesso, integrados no contingente dos bombeiros do distrito de Santarém, e no dia 27 tiveram como destino a região de Buzi, uma das mais afetadas pelo ciclone Idai.

Percorreram localidades que ainda estavam isoladas como Muchaneza, Nova Sofala, Bandua e Inharongure tendo procedido à distribuição de alimentos, à purificação de 3000tl de água que foi distribuída pela população. Procederam ainda ao corte de árvores para desobstrução de vias de acesso, permitindo a acessibilidade, sobretudo, para o hospital local.

O acesso destes homens aos locais foi efetuado por botes e esta missão foi cumprida sem incidentes.

De acordo com o último balanço do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades de Moçambique, o número de vítimas mortais ascende já aos 493 e há mais de 1523 feridos. Cerca de 168 mil famílias foram afetadas por esta catástrofe. Sobem também os números referentes a doenças: 139 casos de cólera na cidade da Beira, província de Sofala e muitos casos de diarreia aguda. O Governo de Moçambique prepara já um pacote de medidas para minimizar o impacto económico do ciclone na população. Durante a próxima semana avança com uma campanha de vacinação destinada a um milhão de pessoas deste província.