Jerónimo de Sousa em Alpiarça e pensar já nas Legislativas

Foi no pavilhão dos restaurantes, no recinto da Feira de Alpiarça, que decorreu no passado dia 9 de dezembro, o tradicional almoço de Natal do PCP do distrito de Santarém. Pela 2ª vez consecutiva, Jerónimo de Sousa escolhe Alpiarça para acolher o evento de confraternização com os militantes na quadra natalícia, neste seu périplo pelos distritos do país.

Meio milhar de pessoas encheram o espaço, mais 150 do que no ano passado,para ouvir o secretário-geral do partido reforçar a utilidade do voto no PCP. Depois de enumerar as medidas que permitiram repor aos trabalhadores, reformados, as regalias perdidas, isto sem referir os “colegas governamentais”, Jerónimo de Sousa aponta já as baterias para as legislativas de 2019. E para o secretário-geral o voto no PCP é votar útil porque “não se vota para um primeiro-ministro mas para deputados na Assembleia da República” já que, e frisou o líder comunista “o que se alcançou, é bom que os trabalhadores e o povo tenham disso a consciência, foi porque o PS não tinha votos suficientes para impor a política que ao longo de quatro décadas fez sozinho ou com o PSD e o CDS”.

Falou ainda Júlia Amorim, Direção Regional do PCP e antiga presidente da Câmara de Constância e António Azevedo da JCP.