Já estão em casa os bombeiros de Alpiarça que estiveram em missão em Moçambique

Eram cerca de 09 horas quando o avião comercial que transportava o contingente do distrito de Santarém em missão humanitária aterrou no aeroporto militar de Figo Maduro, em Lisboa.

Cansados mas com o sentimento de dever cumprido, o comandante Hugo Teodoro e os Bombeiros Luís Silva e Paulo Canha tinham à sua espera os familiares mais chegados, o 2ª Comandante dos BMA, Fábio Dias, a presidente da Junta de Freguesia, Fernanda Cardigo, o vereador Carlos Jorge Pereira e o presidente da autarquia, Mário Pereira.

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, esteve presente na cerimónia de boas vindas e agradeceu o trabalho desenvolvido pelos portugueses em Moçambique, no apoio às populações afetadas do ciclone Idai.

No terreno, ficaram ainda 36 operacionais portugueses para apoiar na área da saúde, o problema mais grave de Moçambique neste momento.

Refira-se que até ao momento não há vítimas portuguesas a lamentar, estando os portugueses residentes em Moçambique a ser vacinados.

Passava pouco do meio-dia quando os três elementos dos Bombeiros Municipais de Alpiarça chegaram a casa.