Gala do Tejo 2019 atribui ouro a vinhos e restaurantes de Alpiarça. Lagoalva é o 2º melhor branco do Tejo

Decorreu no passado dia 18 de maio, a 10ª Edição da Gala do Tejo que levou mais de 350 pessoas até ao Hotel dos Templários em Tomar.

Este evento organizado pela Comissão Vitivinícola Regional do Tejo – CVR Tejo atribuiu distinções no X Concurso Vinhos do Tejo’, o mais concorrido de sempre, com 183 vinhos em competição e no ‘Tejo Gourmet – Concurso de Iguarias e Vinhos do Tejo’ o concurso com 58 restaurantes de todo o país em competição.

No concurso de Iguarias e Vinhos do Tejo, os Restaurantes do Cavalo do Sorraia e Danidoce receberam o Diploma de Ouro e nos vinhos, a Quinta da Lagoalva recebeu medalha de Ouro e Prata e a Quinta da Atela a medalha de prata:

Ouro: Lagoalva Sauvignon Blanc (Branco 2018) e Lagoalva Talhao 1 (Branco 2018).

Prata: Lagoalva Barrel Selection (Tinto 2015), Lagoalva Arinto E Chardonnay Reserva (Branco 2017) e Quinta da Atela (Branco 2017).

O evento atribuiu ‘Medalhas de Excelência’, duas ‘Grande Ouro’, vinte e nove ‘Ouro’ e vinte e quatro ‘Prata’. A CVR Tejo quis também premiar os branco e rosés da colheita de 2018, sendo que houve seis vencedores, três em cada categoria, tendo a Lagoalva ficado em 2º lugar na categoria Branco 2018 com o seu Lagoalva Sauvignon Blanc.

Ainda neste sector, a Comissão Vitivinícola Regional do Tejo (CVR Tejo) distinguiu os profissionais e as empresas que se destacaram no último ano. A distinção de Enólogo do Ano  dos Vinhos do Tejo 2018 foi para Bernardo Cabral e o Prémio Carreira 2018 foi atribuído a António Ventura. Na categoria de Empresas 2018, o prémio de Dinamismo foi para a Adega Cooperativa de Benfica do Ribatejo e o de Excelência foi para a Adega Cooperativa do Cartaxo.