Fecho CTT: Mário Pereira acusa governo de não servir as populações

Os CTT encerraram ontem, sem aviso prévio e com as negociações com o município de Alpiarça a decorrer, as portas da única estação deste serviço público no concelho.

Mário Pereira, presidente da Câmara de Alpiarça, escreveu ontem nas redes sociais que “só a recuperação do controlo da gestão pelo Estado pode devolver os CTT ao País e reverter o processo de destruição desta importante empresa nacional”. Acusa ainda o governo de não se preocupar em “servir o seu Povo”.

Recorde -se que na passada quinta-feira, dia 22 de Fevereiro, a Assembleia da República não passou os projetos do PCP e BE para  a recuperação  do controlo público dos CTT, através da reversão da sua privatização e da rescisão do contrato de concessão, respetivamente.