Fatura da água aumenta em Alpiarça

A tarifa da água cobrada pelas Águas do Ribatejo (AR) vai aumentar para as famílias servidas por esta empresa intermunicipal em cerca de 6, 5%.
Após alguns anos sem aumentar a fatura da água de forma real (recorde-se que no ano passado só a taxa de saneamento sofreu mexidas), na última comissão de parcerias realizada na empresa AR foi aprovado este aumento que incide no aumento em 2,8% na tarifa da água, mais 1,3% da taxa de inflação e o restante em taxa de saneamento.  As tarifas sociais e familiares mantêm-se.
Para o presidente da autarquia, Mário Pereira, este aumento justifica-se pela necessidade de sustentabilidade de empresa que fez um investimento considerável em cerca de 130 milhões de euros em benefício das populações e que reflete os custos de exploração, captação e de tratamento da água. A empresa chega ao fim deste ano com um total de 17 estações de tratamento.
As Águas do Ribatejo vão investir cerca de 300 mil euros na Estação de Tratamento de Águas de Alpiarça. Incluída no Plano Plurianual para o ano de 2019, esta intervenção de alargamento vai permitir aumentar a capacidade e a injeção de água na rede, pondo fim a algumas dificuldades no abastecimento de água ao município.
Este aumento foi contestado pela vereação da oposição que considerou que os munícipes já foram contemplados com o aumento do IMI e seria escusado mais um. Sem encontrar justificação para este aumento, a vereadora PS, Sónia Sanfona, salientou que o Plano de Atividades e de Investimentos agora apresentado não revela o mesmo nível superior de investimentos do anterior que se repercutiu apenas no aumento da taxa de saneamento.