Estações CTT começam a reabrir mas a de Alpiarça ainda sem data

Na próxima segunda-feira, dia 23 de setembro reabre a estação dos CTT de Vila Flor, Bragança, que havia sido encerrada no âmbito do Plano de Reestruturação da Empresa levado a cabo pela anterior administração da Empresa. Mas a estação de Alpiarça ainda não tem data definida.

As várias polémicas em torno das políticas de gestão de Francisco Lacerda que “gelaram” as relações entre os CTT e a ANACOM (Entidade Reguladora das Comunicações), o governo central, Associação de Municípios e Assembleia da República levaram à saída do administrador. Queixas de clientes acerca de atrasos de entregas, o não cumprimento de contrato de serviço público, nomeadamente o que se refere à proximidade, falta de transparência na apresentação das contas que envolviam os CTT -Serviço Postal e o Banco dos CTT foram algumas das questões que fizeram a polémica e geraram uma comissão de inquérito.

Com a nova administração liderada por João Bento surgiu a promessa de abertura das estações dos CTT que tinham sido encerradas. Numa audiência parlamentar em junho deste ano, o novo administrador traz a promessa da reabertura das estações e a melhoria da qualidade dos serviços.

Esta semana os CTT avançam com a notícia da reabertura da estação dos CTT na localidade de Vila Flor, Bragança.

Em declarações à nossa redação, a Assessoria de Imprensa dos CTT informa que “não existe um cronograma ainda definido” mas que os CTT assumiram “o compromisso público de reabrir as lojas únicas em sede de concelho, não procedendo a outros encerramentos”. Esta ausência de delimitação temporal deve-se a necessidade de “uma análise detalhada a todas as variáveis envolvidas para que se efetue a reabertura. Desde logo, o espaço, os recursos humanos envolvidos, a relação existente com os parceiros  e as oportunidades em cada uma das localidades.”