Edifício do atual posto da GNR de Alpiarça já tem destino

Com a saída da GNR do edifício da ” Câmara Velha” para as novas instalações a construir em terreno cedido pela autarquia e com protocolo com a Administração Interna já em fase de conclusão, surgiu a dúvida sobre o destino do velho edifício que já foi sede de autarquia, biblioteca, conservatória.

Um edifício com história e, também ligado à resistência Alpiarcense, tem agora um destino diferente do “habitual” mas de importância para o desenvolvimento do concelho. Foi o que esclareceu o presidente do executivo, Mário Pereira, na última sessão ordinária da Assembleia Municipal, ao apontar este espaço como o futuro centro incubador de empresas no concelho.

Tendo por várias vezes sido criticado por não promover políticas que incentivem a criação de novas empresas, o executivo aposta agora na requalificação deste espaço para apoio a novos empresários. Fica a faltar o guia do investidor e um plano de desenvolvimento da zona industrial que as bancadas da oposição consideram urgentes para o crescimento da economia local.