Dois dias de comemorações em Alpiarça chamam a atenção para os Museus

18 de Maio é o Dia Internacional dos Museus criado em 1977 pelo ICOM – Conselho Internacional de Museus, com o objetivo de promover, junto da sociedade, uma reflexão sobre o papel dos Museus no seu desenvolvimento.

Comemorado anualmente, este ano o tema  – Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos foi o escolhido como forma de chamar a atenção  para as novas tecnologias ao serviço da interpretação e apresentação  dos acervos, como para cativar novos públicos. A digitalização das coleções, a presença de elementos multimédia nas exposições ou o hashtag são apenas alguns dos recursos proporcionados pelas novas tecnologias ao mesmo tempo que, na era do global, permite aproximar  vários sectores da sociedade, cada vez mais sujeita a transformações, nomeadamente com o aparecimento de novas minorias, grupos étnicos ou instituições locais.

A Casa dos Patudos – Museu de Alpiarça/Câmara Municipal de Alpiarça associam-se mais uma vez a esta iniciativa promovendo ao longo do dia visitas gratuitas à Casa dos Patudos com animação e recriação histórica com a participação do Agrupamento de Escolas José Relvas. Pelas 21h00  há Visita Guiada com as outras Histórias da Casa.

No dia 19, às16h00, o Auditório da Casa dos Patudos é o palco do Concerto de Serrote e flauta de Pan com Sergey Nichitovschi.