Dispositivo Especial de Combate a Incêndios: fim do nível 4 mas permanece ainda ativa uma equipa

Terminou nesta segunda-feira, 30 de setembro, o nível IV do Dispositivo Especial de Combate aos Incêndios Rurais -DECIR 2019.

Este nível IV foi iniciado a 1 de julho e, segundo a Diretiva Operacional Nacional – DON caracterizou-se por um reforço de meios operacionais com equipas em funcionamento permanente, durante o período de maior probabilidade de ocorrência de incêndios rurais.

Durante este período os Bombeiros Municipais de Alpiarça tiveram em permanência duas equipas com 10 elementos e duas Viaturas de Combate a Incêndios que responderam às solicitações do CDOS no concelho, distrito e até a nível nacional. 

Numa primeira abordagem e sem números finais para já, o comando dos Bombeiros Municipais de Alpiarça referiu que o balanço foi positivo com 11 incêndios contabilizados no concelho, com intervenções que não excederam as duas horas e, estima-se, com uma área ardida reduzida que não deverá ter ultrapassado os 2 hectares no total.

Deram ainda resposta a solicitações do CDOS a nível nacional e estiveram presentes no combate aos incêndios em Braga, Albergaria, Condeixa, Sertã, Covilhã, Mação, Abrantes (Martinchel), Tomar, Rio Maior, Benavente. Salienta ainda o comando que todos os bombeiros estiveram envolvidos nestes combates. “Foi um esforço de todos e estão todos sempre disponíveis para responder às solicitações” – disse Hugo Teodoro, Comandante dos BMA, durante o almoço no passado sábado, dia 28 de setembro, de agradecimento às empresas que apoiam a corporação. Salientou ainda a importância de se dar a estes homens e mulheres condições para que o seu esforço seja valorizado.

Até ao dia 15 de outubro vai manter-se em permanência uma equipa com 5 elementos, não se sabendo ainda se haverá prolongamento desta fase.