Diques do município de Alpiarça ficam “a seco”

Os diques do município de Alpiarça, Junceira, Gagos e Torrinha, estão no centro de uma divergência entre a autarquia Alpiarcense e o governo central. Em causa está a desigualdade de apoio financeiro proposto para estes diques e para o de Valada (Azambuja/Cartaxo). O protocolo assinado entre os municípios de Almeirim, Alpiarça, Chamusca e a ARH Tejo ( Administração dos Regional Hidrográfica do Tejo) e a APA  ( Agência  para o Ambiente) para recuperação dos 6 diques da Lezíria não vai contar com a presença do município de Alpiarça.

O executivo não vai apresentar a candidatura ao fundo que permite a recuperação dos 3 diques do concelho uma vez que não considera justa a forma de financiamento atribuído a todos os diques do Tejo. Em causa está a comparticipação integral da reparação do dique da Valada  (Azambuja/ Cartaxo) pela APA em oposição   à proposta apresentada pelo governo português aos municípios  mais pequenos e que refere um financiamento de apenas 75 % do valor. Para Mário Pereira,  presidente do executivo de Alpiarça, ” a administração local não se pode substituir à administração central,  a não ser que para isso haja entendimento e quando daí advém benefícios para a população,  como é o caso da intervenção na ação social,  saúde, educação.” Para o presidente da autarquia,  esta solução não é vantajosa para um município que vive “uma situação financeira difícil “. Recorde-se que a administração central propõe assumir metade da componente nacional, ficando os 12,5% restantes a cargo da autarquia.  São cerca de 500 mil euros dos cofres do município  que estão em causa, além da obrigatoriedade da manutenção dos diques durante 5 anos.
A Câmara tem já agendadas  reuniões para discussão de temas de atualidade ambiental tais como, a Barragem dos Partidos e a Vala  e vai apresentar uma proposta de recuperação dos diques suportada pela administração central, tal como foi efectuada para o dique da  Valada.  Chamusca e Almeirim já aderiram ao projecto de financiamento a 75%.