Alpiarça no fim da tabela de Criação de Empresas

Com um total de 79, relativo às entidades nascidas no distrito de Santarém em novembro, o concelho de Santarém mantém a liderança no ranking com 18 empresas criadas, seguido pelo concelho de Ourém, com 9. Segundo a informação divulgada pela Nersant, estes dois concelhos continuam a ser os que mais empresas têm criado  no distrito ao longo do ano.

Alpiarça continua a manter-se no fim da tabela com 1 empresa criada no mês de novembro mas a par de concelhos como Ferreira do Zêzere, Alcanena, Chamusca, Golegã, Mação e Vila Nova da Barquinha, sendo que Constância e Sardoal não apresentaram criação de sociedades no mês de novembro.

Voltando ao Top dos concelhos com mais criação de empresas, Abrantes criou 8 novas sociedades, Benavente apresenta 6 e Tomar e Torres Novas, 5. Já os concelhos de Coruche, Cartaxo, Entroncamento e Rio Maior ficaram abaixo da média da tabela com a criação de 4 sociedades e Almeirim ficou-se pelas 3.

Relativamente aos setores de atividade, destaque para a criação de empresas relacionadas com comércio a retalho de máquinas e de outro material de escritório, em estabelecimentos especializados (7), comércio por grosso não especializado (6), atividades de contabilidade e auditoria, consultoria fiscal (4), construção de edifícios (residenciais e não residenciais) (3) e compra e venda de bens imobiliários (3).

No mês de novembro, as 79 sociedades criadas no distrito apresentaram um Capital Social Global de 913.460 euros e um Capital Social Médio Por Empresa de 11.562,78 euros. Os homens continuam a predominar na gerência das empresas criadas em novembro no distrito de Santarém (69,6% de homens contra 30,4% de mulheres).